12 dezembro 2016

Mais de 80 Filmes Independentes Lançados em 2016 Estão Disponíveis Para Compra Digital a Preço Especial



Longas dos mais diversos gêneros podem ser adquiridos a partir de US$ 1,99

Uma grande promoção em Video on Demand dá a oportunidade aos cinéfilos para construírem sua própria videoteca digital. Os filmes estão disponíveis desde o dia 1º de dezembro até 8 de janeiro para serem comprados no Apple TV, no iTunes através de iPhones e iPads, ou ainda em computadores Mac ou PC. São mais de 80 títulos lançados em 2016 no valor cada de US$ 1,99 e US$ 2,99 que não estão disponíveis no NETFLIX.

Ao adquirir esses filmes, o comprador pode assisti-los quando quiser e quantas vezes quiser, já que ele fica armazenado na nuvem, ou seja, em sua conta do iCloud e podem ser baixados a qualquer momento. São longas-metragens candidatos ao Oscar, nacionais, franceses, e produções recém-saídos dos cinemas, que, ao serem comprados, podem ser assistidos online e off-line, o que dá a oportunidade do cinéfilo levá-los para onde quiser, inclusive durante as férias -- podendo assisti-los no avião, metrô ou até mesmo no celular sem utilizar a rede 3G.

Para conferir os filmes com desconto, basta acessar o link a seguir: 

Alguns exemplos de filmes disponíveis:

Táxi Teerã” (2015), de Jafar Panahi, vencedor do Urso de Ouro de Berlim.

“Brooklin” (2015), de John Crowley, recebeu três indicações ao Oscar, entre elas de Melhor Atriz e Melhor Filme.

“Club Sandwich” (2013), comédia mexicana de Fernando Eimbcke

“O Abraço da Serpente” (2015), indicado ao Oscar 2016 na categoria Melhor Filme Estrangeiro, filme colombiano de Ciro Guerra.

“Cinco Graças” (2016), de Deniz Gamze, filme francês também indicado ao Oscar de Filme Estrangeiro.

O filme de terror “Demon” (2016), de Marcin Wrona, aclamado pela crítica nacional e estrangeira.

Com Cate Blanchett “Conspiração e Poder” e “Carol” (2016), de Todd Haynes, filme que lhe rendeu mais uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz em 2016.

“As Mil e uma noites: Volume 1, O Inquieto” (2015), do aclamado diretor português Miguel Gomes.

“Ausência” (2015) de Chico Teixeira, vencedor do Festival de Gramado de 2015.

“Para o Outro Lado” (2015) vencedor do prêmio de Melhor Direção na Mostra um Certo Olhar do Festival de Cannes em 2015.

“California” (2015) dirigido por Marina Person, com trilha sonora de David Bowie, The Cure e Titãs.

“Novíssimo Testamento” (2014) um dos filmes mais comentados do ano, circulou pela lista de melhores do ano de muitos críticos e cinéfilos brasileiros e internacionais.

“Paulina” (2014) polemico filme argentino, dirigido por Santiago Mitre e produzido pelo brasileiro Walter Salles.

“O que fazemos nas sombras” (2015) comédia inédita nos cinemas sobre um grupo de vampiros.

“Life: A Vida de James Dean” (2015) ficção sobre a vida de um dos maiores ícones do cinema mundial.

“45 anos” (2015), de Andrew Haigh, indicação de Melhor Atriz para Charlotte Rampling.

“Labirinto de Mentiras” (2014), de Giulio Ricciarelli, ficção sobre um jovem procurador que descobre uma grande rede de conspiração entre empresas e o governo.

“Victoria” (2015) ganhador do Urso de Prata no Festival de Berlim.

“Mia Madre” (2015), de Nanni Moretti, com John Turturro e Margherita Buy.

“A Terra e a Sombra” (2015), de César Acevedo, um drama colombiano sobre um pai que volta pra casa após 17 anos para ajudar o filho doente.

“Ovelha Negra” (2015), de Grímur Hákonarson, comédia dramática aclamada pela crítica internacional.

“A Assassina” (2015), de Hsiao-Hsien Hou, drama chinês que conta a história de uma assassina profissional encarregada de matar o primo por quem é apaixonada.

Nenhum comentário: