07 novembro 2016

Diretor João Pedro Rodrigues vem ao Brasil para Lançar “O ORNITÓLOGO”.


Filme abrirá o 24° Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade no dia 9 de novembro em São Paulo


O diretor português João Pedro Rodrigues está de malas prontas para o Brasil. Ele desembarca em solo paulistano no dia 9 de novembro para apresentar o filme “O Ornitólogo”, que abrirá o 24° Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade, maior festival LGBTQ da América Latina, acontece de 9 a 20 de novembro na Capital Paulista. O longa, que estreia em circuito comercial em fevereiro de 2017, conta a história de Fernando, de 40 anos, um ornitólogo que decide viajar pelo curso de um rio a bordo de um caiaque e acaba sofrendo um acidente com a sua embarcação.

Ele está em busca de uma rara espécie de cegonhas pretas, quando se distrai, e uma forte correnteza derruba seu caiaque. É socorrido por duas jovens chinesas que o amarram com medo de que ele as abandone naquele lugar isolado. Fernando consegue fugir e dá início a um caminho sem volta pela floresta.

João Pedro Rodrigues ganhou o prêmio de Melhor Diretor do Festival de Locarno, na Suíca. Na época, em entrevista à imprensa portuguesa, ele definiu o filme como uma reflexão das mitologias portuguesas.  "Ao mesmo tempo é uma espécie de versão muito livre da vida do Santo Antônio de Lisboa. É um filme que se passa na atualidade, mas que reflete um pouco as mitologias portuguesas", disse. Considerado um dos principais diretores portugueses da atualidade, iniciou seus estudos em Biologia, mas logo abandonou a universidade para se dedicar ao cinema. “O Ornitólogo”, um dos filmes mais esperados do ano, segundo a revista francesa Cahiers du Cinéma, é o quinto longa de Rodrigues, que já é reconhecido mundialmente pelo seu estilo próprio e audacioso. Antes deste, o diretor fez filmes que foram premiados em festivais mundo afora, como “O Fantasma”, “Odete”, “Morrer como um Homem” e “A Última Vez que Vi Macau”, entre outros trabalhos.

Sinopse
Fernando é um homem de 40 anos que trabalha como um ornitólogo. Ele decide viajar pelo curso de um rio a bordo de um caiaque, mas quando uma correnteza forte derruba sua pequena embarcação, ele inicia uma jornada sem volta.

Nenhum comentário: