20 maio 2016

Minha Crítica do Filme "X-Men: Apocalipse" - RITA VAZ

Um dos filmes mais esperados do ano, “X-Men: Apocalipse” chegou e trouxe muitas novidades para os fãs, mas trouxe também um pouco de repetição e falta de profundidade.
O diretor Bryan Singer apresenta uma nova geração de mutantes, mas apesar de ser legal ver outros mutantes, o que é chato é que são tantos personagens que ficou difícil prá ele desenvolver suas histórias e acabou que alguns simplesmente passaram pela história.
É o caso também do novo vilão, que apesar de bem feito, é raso, e pela enormidade de seus poderes, não dá para entender algumas das atitudes tomadas por ele.
E parece que algumas coisas não mudam muito para os mutantes, como por exemplo a constante interferência do Professor Xavier em dissuadir Magneto de cometer novos erros e a falta de discernimento da Mística.
Pensava eu, que depois que tudo foi “zerado” em “X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido” até essas pequenas coisas tivessem sido modificadas, pensava!
Apesar desses poréns, o novo filme dos X-Men é muito bem trabalhado, tem incríveis efeitos especiais, e a sequência inicial é especialmente impactante.
A trilha sonora também é um grande feito do filme, ela é apoteótica em vários momentos.
Os atores James McAvoy, Michael Fassbinder, Evan Peters e Oscar Isaac têm performances excelentes com seus personagens.
A nova história acontece na década de 1980, dez anos depois dos eventos passados em “Dias de Um Futuro Esquecido” e mostra como estão as vidas dos mutantes.
Todos passam por um período de paz e tranquilidade em suas vidas.
O Professor Xavier dirige a escola para mutantes, Fera também faz parte da instituição, Magneto constituiu família no interior da Polônia e Mística é admirada por seus feitos.
Mas essa paz tem fim, quando En Sabah Nur, o mutante original volta à vida disposto a garantir sua supremacia e acabar com a humanidade, visto que se decepciona com o rumo que ela tomou.
E com a ajuda de alguns mutantes ele iniciará o apocalipse que destruirá a raça humana, mas acontece que os x-men estão longe de pensar que um mutante possa se achar um ser supremo.
Uma guerra de tamanho gigante será travada nesse novo episódio.
Apesar de alguns deslizes, o novo X-Men agrada o seu público justamente por ser um filme de entretenimento, é isso o que ele promete e cumpre, e também por apresentar várias possibilidades para novos episódios!
E lembre-se, quando o filme acabar, não saia da sala, após todos os créditos tem uma cena escondida, é claro!
Título Original: X-Men: Apocalypse
Gênero: Ação/Ficção Científica
Tempo de Duração: 2 horas e 24 minutos
Ano de Lançamento: 2016
Direção: Bryan Singer
Elenco: James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence, Oscar Isaac, Sophie Turner, Nicholas Hoult, Rose Byrne, Olivia Munn, Evan Peters, Alexandra Shipp, Hugh Jackman.

Nenhum comentário: