28 fevereiro 2012

Filme "Reis e Ratos"


“Reis e Ratos” é classificado como comédia, mas se você pensa que vai sentar na poltrona e morrer de rir, está enganado.
O filme é uma sátira ao momento político vivido na década de 1960, com a guerra fria imperando e os agentes secretos das mais variadas instituições, infiltrados em vários países.
O filme pode também, ser uma homenagem aos grandes locutores de rádio da época, já que os personagens da história fazem tipos carregados, na maneira de agir e principalmente no modo de falar.
Em uma cidade do interior uma cantora é salva de uma explosão, no coreto onde se apresentaria por um locutor de rádio, que durante a sua transmissão tem um insight mediúnico e prevê o acontecimento.
Ela nem imaginava que esse fato fazia parte de um grande plano envolvendo o Presidente da República e alguns agentes estrangeiros infiltrados no Brasil.
Troy Sommerset (Selton Mello) é um agente da CIA que adora o Brasil e faz de tudo para não voltar à sua terra natal.
Sempre com ele, arquitetando e traindo o seu país está o Major Esdras (Otávio Muller), que protagoniza junto de Troy as conversas mais hilariantes do filme.
O enredo pode ser um pouco confuso, mas se você prestar atenção vai identificar várias situações que remetem a momentos históricos do Brasil.
Um filme de qualidade que mostra a nova força do cinema nacional.

Nenhum comentário: