26 janeiro 2009

Rir é o Melhor Remédio


Capaz de curar dores físicas e psicológicas, um bom sorriso ainda alivia o estresse do dia-a-dia, ameniza ambientes de trabalho e melhora os relacionamentos pessoais e profissionais. Em “Sorria, você está sendo curado!”, lançamento da Editora Gente, Marcelo Pinto, o doutor Risadinha, traz estudos e reflexões sobre as inúmeras possibilidades que o bom humor pode proporcionar para os seres humanos.

O livro têm histórias como a de Norman Cousins, editor da revista norte-americana Saturday Review, que passou por uma grande estafa no trabalho e começou a sofrer de febre alta e paralisia parcial das pernas. Após receber um diagnóstico que o desolou (a doença não demonstrava que iria melhorar), Cousins resolveu iniciar um “tratamento sistemático de riso”. Passou a assistir seus filmes cômicos preferidos, e proibiu as pessoas de visitá-lo sem uma piada para contar. Em pouco tempo, testes clínicos comprovaram que ele teve melhoras efetivas.

O autor elenca vários motivos para o leitor adotar o riso diário. Um deles é a possibilidade do sorriso tornar-se uma ferramenta para exercitar a paciência. Cada vez mais comum no cotidiano das grandes cidades, o nervosismo surge ao enfrentar um trânsito congestionado ou uma fila de banco. Nessa hora, doutor Risadinha recomenda: “Devemos nos concentrar em algo, de preferência divertido ou de que gostemos muito”.

Ao longo do livro, o leitor poderá divertir-se com piadas clássicas e dicas para a prática do riso. “Ria todos os dias, de preferência pela manhã (...). Se não estiver com vontade, fique diante do espelho fazendo caretas (...)”, descreve o autor. Ele ressalta também o “espírito de Poliana”, de Robinson Crusoé, famoso personagem da literatura inglesa: após um naufrágio, isolado em uma ilha, passa a fazer um balanço de sua vida. Em cada situação ruim que enfrentava, procurou vislumbrar uma face positiva. E esse otimismo lhe salvou a vida.

Nenhum comentário: